O que é? | Objetivos | Elaboração | Supervisão | Contato

quarta-feira, junho 15, 2005

Redução do recesso parlamentar poderá ser votada. Será?

Na tarde desta quarta-feira poderá ser votada a redução do recesso parlamentar na Assembléia Legislativa, de 90 para 60 dias ao ano. A proposta foi aprovada ontem por unanimidade na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa e tem tudo para ser aprovada também em plenário. Para que esta proposta se transforme em Lei são necessários 24 parlamentares, por tratar-se de emenda á Constituição.
Mas vale lembrar que a proposta original de Ana Paula Lima (PT) previa que a reduçao fosse de 90 para 30 dias. Em dezembro do último ano o deputado Joares Ponticelli (PP) propôs o meio termo: a redução de 90 para 60 dias de recesso. Em meio a crises políticas esta seria uma forma de demonstrar serviço e tentar melhorar a imagem dos políticos pelos menos com os cidadãos catarinenses. Vamos esperar o resultado afinal há sempre tempo para se se arrepender. E enquanto isso em Brasília a lavação de roupa suja só está no começo. O que nos resta é esperar.

2 Comments:

At 1:34 AM, Anonymous Anônimo said...

Na tarde do último dia 16 foi rejeitada a redução do recsso parlamentar na Assembléia Legislativa. Inicialmente com 28 deputados em plenário, a deputada Ana Paula Lima(PT), o líder petista Paulo Eccel e o líder do PP, Joares Ponticelli chegaram a pedir a retirada da matéria da pauta de votações, já que o quórum era pequeno. O líder do PMDB, Manoel mota reforçando o pedido, alegando não haver consenso entre os peeemedebistas.No entanto,os deputados Jorginho Mello (PSDB) e Francisco de Assis(PT) argumentaram que a Assembléia tinha de se posicionar a respeito o mais rápido possível. A essa altura já havia em plenário 30 parlamentares e a autora do projeto concordou com a votação. O presidente da Assembleia, deputado Júlio Garcia (PFL), aproveitou o erro de avaliação e iniciou a votação, já sabendo que os pefelistas sumiriam do plenário na hora da votação. Apesar das tentativas de Ponticelli e Ana Paula de anular a votação, a matéria foi direto para o arquivo. Agora Ana Paula apresentará um projeto que proibirá o Executivo de pagar aos deputados as convocações extraordinárias da Assembléia. Até agora foram 3 convocações com gastos de R$ 3 milhões.
È parece que nossos deputados não estão muito interessados em limpar a sua imagem por aqui e que estão preferindo gozar de suas férias para melhor aproveitar os seus pupudos salários.Segue abaixo como foi a votação
QUEM VOTOU A FAVOR
Ana Paula Lima,Antônio Carlos Vieira,Celestino Secco,César Souza,Clésio Salvaro,Dionei da Silva,Djalma Berger,Francisco Küster,,JoaresPonticelli,Francisco de Assis,Jorginho Mello,José Paulo Serafim,Manoel Mota,Nilson Gonsalves,Paulo Eccel,Rogério Mendonça, ,Simone Schramm, João Henrique Blasi e Vân

 
At 1:34 AM, Blogger Bruna Alves said...

Na tarde do último dia 16 foi rejeitada a redução do recsso parlamentar na Assembléia Legislativa. Inicialmente com 28 deputados em plenário, a deputada Ana Paula Lima(PT), o líder petista Paulo Eccel e o líder do PP, Joares Ponticelli chegaram a pedir a retirada da matéria da pauta de votações, já que o quórum era pequeno. O líder do PMDB, Manoel mota reforçando o pedido, alegando não haver consenso entre os peeemedebistas.No entanto,os deputados Jorginho Mello (PSDB) e Francisco de Assis(PT) argumentaram que a Assembléia tinha de se posicionar a respeito o mais rápido possível. A essa altura já havia em plenário 30 parlamentares e a autora do projeto concordou com a votação. O presidente da Assembleia, deputado Júlio Garcia (PFL), aproveitou o erro de avaliação e iniciou a votação, já sabendo que os pefelistas sumiriam do plenário na hora da votação. Apesar das tentativas de Ponticelli e Ana Paula de anular a votação, a matéria foi direto para o arquivo. Agora Ana Paula apresentará um projeto que proibirá o Executivo de pagar aos deputados as convocações extraordinárias da Assembléia. Até agora foram 3 convocações com gastos de R$ 3 milhões.
È parece que nossos deputados não estão muito interessados em limpar a sua imagem por aqui e que estão preferindo gozar de suas férias para melhor aproveitar os seus pupudos salários.Segue abaixo como foi a votação
QUEM VOTOU A FAVOR
Ana Paula Lima,Antônio Carlos Vieira,Celestino Secco,César Souza,Clésio Salvaro,Dionei da Silva,Djalma Berger,Francisco Küster,,JoaresPonticelli,Francisco de Assis,Jorginho Mello,José Paulo Serafim,Manoel Mota,Nilson Gonsalves,Paulo Eccel,Rogério Mendonça, ,Simone Schramm, João Henrique Blasi e Vânio dos Santos
VOTARAM CONTRA
Lício Mauro da Silveira,Reno Caramori, Valmir Comin,Sérgio Godinho e Narcizo Parizotto
ABSTVERAM-SE
Nilson Nelson Machado(Duduco), Romildo Titon e Odete de Jesus.
AUSENTES
Afrânio Boppré, Wilson Vieira (Dentinho),Pedro Baldissera,Antônio Aguiar,Gelson Merisio,Nelson Goetten, Onofre Agostini,Gelson Sorgato,Genésio Goulart,Herneus de Nadal e Altair Guidi

 

Postar um comentário

<< Home

________________________________________


Observe!

Governo Municipal

Prefeito
Secretários
Vereadores

Governo Estadual

Governador
Secretários
Deputados

Governo Federal

Presidente
Ministros
Deputados
Senadores

Observações Anteriores

2005-05-08 2005-05-15 2005-05-22 2005-05-29 2005-06-05 2005-06-12 2005-06-19 2005-06-26 2005-07-10 2005-08-07 2005-08-21 2005-12-25 2006-05-07 2006-05-21 2006-05-28 2006-06-04 2006-06-11 2006-06-18 2006-07-16 2010-11-21 2010-11-28

Observatório do Espaço Público Político Midiático | 2006
Textos: Jornalismo I - Ielusc | Layout: Cecília Oliveira | Hospedagem: Blogger